LEI DO BEM

LEI DO BEM

O Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica (PIIT), baseado na Lei nº 11.196/05 e Decreto n° 5.798/06, é um mecanismo de potencialização da gestão da inovação e do conhecimento, que valoriza as pessoas envolvidas nas atividades de inovação tecnológica e melhora a competitividade das empresas. Reconhece as atividades ligadas à inovação tecnológica como estratégicas e as estimula por meio de significativas deduções de impostos a pagar.

Quais são os incentivos fiscais da Lei do Bem?

Dedução adicional da base de cálculo do IRPJ e CSLL decorrente dos projetos de inovação tecnológica: 60%, 70% ou 80% dos dispêndios comprovados com inovação, dependendo da variação anual do número de pesquisadores dedicados. De modo resumido, a citada renúncia fiscal seria de pelo menos 20,4% do valor investido em P,D&I, podendo chegar a 27,2%.

  • Depreciação acelerada integral, no ano da aquisição, para equipamentos exclusivos de P,D&I.
  • Redução de 50% da alíquota do IPI para todos os equipamentos exclusivos de P,D&I.
  • Incentivos com patentes e cultivares.
  • Exclusão de mais de 20% nos cálculos dos dispêndios e redução do IR relativos a gastos com manutenção de patentes.
  • Amortização dobrada para bens intangíveis e exclusivos a P,D&I.

Quais as condições e pré-requisitos para usufruir dos incentivos fiscais da Lei do Bem?

  • Operar em regime de Lucro Real.
  • Ter Lucro Fiscal.
  • Ter regularidade fiscal (emissão da CND).
  • Investir em Pesquisa e Desenvolvimento.

Fale conosco

Condomínio Edifício Paulista de Seguros III
R. Geraldo Flausino Gomes, 78 - 151
Cidade Monções, São Paulo - SP
04575-060, Brasil

Telefone: 11 5507 2437

comercial@pieracciani.com.br